Local de instalação do sensor de temperatura

outubro 08, 2012

Eu vinha há muito tempo tentando descobrir o local exato para a instalação do sensor de temperatura do motor, visto que o que eu instalei no meu não é o original do SP2. Pois esta semana meu amigo Carlos Alemão do VW SP2 Club enviou uma foto mostrando o sensor instalado. Existe uma saliência com rosca à direita do bloco do motor, bem ao lado da base do tubo de enchimento de óleo, como mostra a foto abaixo.

Sensor de temperatura do Volkswagen SP2_a

O código original da peça é 041.919.300.1, ou seja, ela não é específica do SP2 pois não inicia por 149, porém não sei em que outro modelo da VW a peça era usada. Este sensor era conhecido como "cebolão" por ter bitola maior que os interruptores de freio e o sensor de pressão do óleo.
Este sensor é ligado diretamente ao relógio marcador da temperatura por um fio com bitola 0,5 revestido por um "espaguete" plástico. Este fio vinha junto do chicote principal do lado esquerdo do carro, passava por dentro da lataria traseira e saía por um orifício situado bem embaixo do tubo de abastecimento de óleo, como mostra a foto abaixo. Este orifício era vedado com uma arroela de borracha com um orifício central.

Sensor de temperatura do Volkswagen SP2_b

É bom lembrar que este fio poderia ser preso ao tubo de enchimento do óleo para evitar que encostasse no escapamento e pudesse derreter.

E já que o assunto é óleo, vou aproveitar e falar do sistema de compensação da pressão do óleo do motor que, no caso do SP2, era duplo, ao contrário dos demais carros da VW, onde o sistema é simples. Este sistema servia para desviar o fluxo de óleo para determinadas partes do motor à medida que este esquentava até atingir a temperatura ideal de funcionamento. Funcionava com um êmbolo perfurado e uma mola calibrada mantidos por um parafuso "bujão" externo.
Com o motor frio, o óleo é mais denso e a pressão é maior. Neste caso, o êmbolo é comprimido e o óleo é encaminhado diretamente aos pontos a lubrificar e o excesso retorna ao cárter. Com temperatura média, o óleo é encaminhado aos pontos a lubrificar e parte dele atravessa o radiador de óleo. Já com a temperatura normal de trabalho, o óleo só atinge os pontos de lubrificação depois de passar pelo radiador.
As fotos abaixo mostram o local dos bujões do sistema. Ambos ficam no lado esquerdo do bloco do motor, porém um fica na traseira (perto da ventoinha) e o outro mais à frente (perto do eixo).

Válvula compensadora de pressão do óleo do Volks SP2_a

Válvula compensadora de pressão do óleo do Volks SP2_b

A ilustração abaixo foi retirada do manual original de peças do SP2 datado de fevereiro de 1980 e mostra em detalhes o sistema de compensação de pressão do óleo. As peças marcadas como 13 são os êmbolos perfurados, que são idênticos, assim como os bujões, marcados com 16. As molas calibradas (14 e 15), porém, são diferentes em seu comprimento sendo que a dianteira é mais curta que a traseira.

Válvula compensadora de pressão do óleo do Volks SP2_c

Assim podemos ter uma idéia de como funciona o sistema de temperatura e pressão do óleo no Volkswagen SP2.

Talvez você goste também:

4 comentários

Deixe aqui seu comentário.

Curta Nossa Fanpage

Seguidores do Google+

Seguidores do Blogger